A língua portuguesa

Companheiros eu sei Tocar

1ª escuta

1) Você percebe que os cantores tem um sotaque diferente?

2) O que significam as palavras “racataplan”, “flim flim” e “trim trim”?

3) Qual a participação dos portugueses na história do Brasil?

Sugestões Musicais

1) Esta é uma música acumulativa que trabalha a memória e a cada repetição,  acrescenta uma palavra: pode-se cantar a música como está, fazendo os gestos de execução de cada instrumento e depois inventar outros termos para os instrumentistas, tais como violeira, trompeteira, chocalheira, etc com suas respectivas onomatopéias.

2) Em Portugal, desde muitos séculos atrás, existia a figura do Tamborileiro que fazia a prática da Tamborileira, que era tocar o tambor e a flauta ao mesmo tempo. Ele tocava nas festas religiosas. Às vezes o Tamborileiro era acompanhado por um violeiro (na música há um bandolineiro que é um tocador de bandolim). Esta habilidade e coordenação motora para tocar os dois instrumentos simultaneamente pode ser experimentada pelas crianças.

3) A música tem uma estrutura básica de fraseado que é a pergunta (coro) e a resposta (cantora) , e pode ser organizado entre as crianças um solista e o coro.

Gramática:

Você sabia que além da diferença na pronúncia, nas palavras e na semântica, os portugueses formam algumas frases com um raciocínio diferente de nós brasileiros?

Tem uma diferença muito comum que está numa locução verbal. Enquanto nós usamos o gerúndio para indicar uma ação prolongada, eles utilizam o infinitivo, veja o exemplo:

No Brasil: você está gostando?

Em Portugal: estás a gostar?

O sotaque do português de Portugal valoriza as consoantes, enquanto que no Brasil, valorizamos as vogais, tornando o nosso português mais aberto e fácil de ser compreendido.

Há uma poesia portuguesa muito interessante sobre o português falado pelos brasileiros:

 

“Gosto de ouvir o português do Brasil

Onde as palavras recuperam sua substância total

Concretas como frutos, nítidas como pássaros

 

Gosto de ouvir as palavras com suas sílabas todas

Sem perder sequer um quinto da vogal

Quando Helena Lanari dizia o coqueiro

O coqueiro ficava muito mais vegetal”

                                                      Sophia Mello Breyner

Como sou admiradora do poeta lusitano Fernando Pessoa, transcrevo aqui uma poesia de sua autoria, “Mar Português”, que para mim é muito ilustrativa, pois fala da forte relação dos portugueses com o mar. Portugal é um país com pouco espaço geográfico. Faz fronteira com a Espanha e com o mar. Este foi um dos motivos que fez com que os portugueses se arriscassem a buscar novos horizontes através do oceano, pois era para onde podiam expandir-se.

MAR PORTUGUÊS

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!

Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.

Quem quere passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

1) Leia estas poesias tentando imitar a sotaque do português de Portugal.

Algumas dicas:

– Eles pronunciam mais as consoantes

– os “s” são ditos como os cariocas,

– os “l” têm o seu som articulado com a língua no palato, e não como o “u” que usamos no Brasil,

– os “r” mais vibrantes

– os “m” soam labiais e os “n” com a língua no palato e não são nasalados como os nossos.

– Os “d” e “t” se pronunciam sempre na ponta da língua mesmo seguidos de “i” e “e”

2) Você conhece mais palavras que têm significados diferentes no Brasil e em Portugal? Pesquise.

 

Cultura, usos e costumes:

Há festas de rua brasileiras que são uma mistura das festas de rua de Portugal com as manifestações culturais dos negros. Desde muitos séculos atrás muitas destas festas tinham uma conotação religiosa, e hoje fazem parte do que chamamos sincretismo religioso, que é a incorporação das manifestações religiosas do catolicismo às das culturas africanas e indígenas.

Composição:

Que tal fazer uma encenação do encontro dos portugueses com os índios? Um grupo fala português com o sotaque de Portugal,  o outro fala tupi-guarani e assim tentam conversar também utilizando mímica.

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “A língua portuguesa

  1. Oi Anna, que lindo seu Blog. Parabéns ! Salve nossos antepassados brasileiros, ricos no conhecimento da natureza e da fé. Que esta palavra -SALVE, saudação em rituais- , vá, do verbo ao mistério. Salve!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s